Atenção! Anvisa aprova medicamento contra COVID mas valor de venda pode ser ASSUSTADOR; Confira detalhes

Imagem: Reprodução/Google



Nesta semana, a Anvisa (Agência Nacional de Saúde) aprovou a venda do Paxlovid, medicamento fabricado pela Pfizer para o tratamento da Covid-19. A partir desta aprovação, o medicamento pode ser vendido em hospitais e farmácias sob prescrição. No entanto, a prioridade desse primeiro momento é abastecer o Sistema Único de Saúde (SUS).


O medicamento é indicado para o tratamento da Covid-19 em adultos que não necessitam de oxigênio suplementar e correm o risco de evoluir para um quadro clínico mais grave. O medicamento deve ser administrado 5 dias após o início dos sintomas.


O Paxlovid, que já foi aprovado para uso emergencial no país em março deste ano, é uma combinação de outras duas pílulas terapêuticas: o nirmatrelvir e o ritonavir,  que devem ser embalados e tomados juntos.


Essa aprovação da Avisa foi baseada na aprovação de outros países que apostaram na venda do medicamento para o mercado civil, bem como nas reivindicações de autoridades de referência internacional nos Estados Unidos e no Canadá.


A aprovação ocorre em meio ao atual cenário epidemiológico caracterizado por um aumento de casos de COVID-19, especialmente devido à circulação de novas subvariantes do Omicron.


Segundo Meiruze Freitas, um dos diretores da Anvisa, a comercialização do medicamento no mercado privado facilitou o acesso ao tratamento da Covid-19 e "o diagnóstico precoce e, se necessário, o tratamento ambulatorial é importante para evitar a progressão da doença para casos graves", disse ao UOL.


De acordo com um estudo publicado pela Reuters em fevereiro, o tratamento com Paxlovid vale US $ 530, o que representa cerca de 2.900 reais do preço atual do dólar. O preço do medicamento aqui no Brasil ainda não foi revelado, e nem mesmo as farmácias explicaram se existem regulamentações oficiais para controlar o preço do medicamento.


Paxlovid ou Paxlovide é um medicamento antiviral desenvolvido pela Pfizer que atua como um inibidor da protease 3CL. É um inibidor covalente que se liga diretamente aos resíduos catalíticos de cisteína de enzimas.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem