Consulta valores a receber: Foi liberada hoje (05/11)? Veja quando e como o DINHEIRO ESQUECIDO pode ser consultado, segundo o Banco Central

Imagem: Reprodução/Google




Muitos brasileiros têm grandes esperanças para a liberação da segunda etapa de consultas sobre "dinheiro esquecido" no sistema de valor recebido do Banco Central. Segundo o BC, bilhões de dólares são esquecidos em bancos e instituições financeiras em todo o país.


Até agora, os cidadãos não foram capazes de consultar mais. Isso porque a greve dos servidores do BC atrasou a implementação das ferramentas que permitiriam consultas. Agora, com o fim da greve, há esperanças crescentes para o retorno da fase consultiva do dinheiro esquecido.


Abaixo você aprenderá a pesquisar as últimas notícias sobre o dinheiro esquecido e o sistema de valores de receber bancos centrais.


Valores a Receber Banco Central


O sistema de recebíveis é usado para designar valores esquecidos em contas correntes e poupança de instituições financeiras. Além disso, o valor cobrado incorretamente em taxas de crédito faz parte do sistema.


Dados do Banco Central mostram que atualmente há um valor esquecido de cerca de 8 bilhões de reais. Na primeira fase, foram devolvidos R$ 4 bilhões. Assim, nesta segunda fase, o dinheiro esquecido do banco ultrapassará cerca de 4 bilhões de reais.


De onde vem o dinheiro esquecido?


O dinheiro esquecido do Banco Central vem de:


  • contas-correntes ou de poupanças que foram encerradas (mas que ainda tinha saldo disponível);
  • valores cobrados indevidamente de tarifas, parcelas ou operações de crédito;
  • Cotas de capital e rateio de sobras líquidas em cooperativas de crédito; e
  • Valores relacionados a consórcios encerrados que não foram sacados.

Consulta foi antecipada?


Apesar das altas expectativas dos cidadãos, a data da consulta à segunda fase do sistema de valores mobiliários a ser recebida não foi anunciada pelo Banco Central. Por essa razão, a análise dos valores é imprevisível.


Como consultar valores a receber


Inicialmente, é importante esclarecer que a consulta de dinheiro esquecido nos bancos deve ser realizada na nova plataforma do Banco Central (BC).


De acordo com o site do Banco Central, as consultas e as exigências do Banco Central para o saque do dinheiro esquecido estão "temporariamente suspensas para melhorias". Além disso, como relatado anteriormente, a greve dos servidores impediu a possibilidade de olhar os números de maio.


Os cidadãos que já fizeram a primeira consulta receberam uma data específica para retornar ao site valoresareceber.bcb.gov.br.


No futuro, se você ainda não fez isso, você precisa visitar o site acima e criar o valor de consulta que deseja receber usando o número do seu CPF e data de nascimento. Para descobrir o dinheiro esquecido, você precisa ter acesso aos níveis de Gov.br, prata ou ouro. Isso é obrigatório se você quiser ver quanto está disponível.


Depois de executar a consulta inicial, você precisa visitar o referido site e seguir estas etapas:


  • Efetuar o login;
  • Consultar valor a receber; a instituição que deve devolver o valor; ou a origem do dinheiro esquecido;
  • Clicar na opção “Solicitar por aqui”, para receber via Pix, ou na opção “Solicitar via instituição” para entrar em contato e combinar qual será a instituição bancária.

Novas regras


O sistema de admissão tem algumas alterações após a conclusão da primeira fase. Para começar, você não tem que agendar. Dessa forma, os cidadãos podem solicitar o saque em dinheiro na consulta inicial.


Além disso, o sistema conta com novas informações passadas pelas instituições financeiras. Isso significa que aqueles que não tiverem o valor a receber na primeira etapa terão que consultar o sistema novamente, já que seus dados serão atualizados e poderá haver um novo valor que poderá ser sacado.


Como sacar o dinheiro esquecido?


Depois de criar uma conta inicial no sistema de valor a pagar, você precisará sacar o valor se houver um valor disponível.


Veja como sacar valores a receber:


  • Acesse o site valoresareceber.bcb.gov.br na data informada e efetue o login;
  • Após isso, realize as consultas dos valores a receber; a instituição que deve devolver o valor; a origem do dinheiro esquecido;
  • Clique na opção “Solicitar por aqui”, para receber via Pix, ou na opção “Solicitar via instituição” para entrar em contato e combinar qual será a instituição de sua escolha.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem