Sigilos de 100 anos começam a cair; Visitas de Michelle Bolsonaro são reveladas; Confira

Imagem: Reprodução/Google




O sigilo de 100 anos imposto pelo ex-presidente Jair Bolsonaro já começou a desmoronar. O primeiro segredo revertido pelo governo do presidente Lula (PT) diz respeito à visita recebida pelo ex-primeiro-ministro Michel Bolsonaro no Palácio Alvorada entre 2021 e 2022.


Segundo dados obtidos pelo jornal Estado de S. Paulo, Michel recebe 565 visitantes, e a lista inclui pastores, cabeleireiros, professores de Libra, personal stylists, etc.


A visitante mais entusiasmada durante este período foi Nidia Limeira de Sa, então Diretora de Acessibilidade e Apoio às Pessoas com Deficiência do Ministério da Educação. Visitou a residência oficial da Presidência da República 51 vezes, em média cerca de 4 vezes por mês.


Até agora, não houve notícias da exoneração de Nidia, que pode permanecer no ministério. Nas redes sociais, o diretor tem uma foto com Michel e a ex-ministra Damares Alves.


Como o segredo de 100 anos deve ser revelado?


A lei permite que todos os cidadãos brasileiros solicitem informações de interesse público por meio da LAI (Lei de Acesso à Informação). No entanto, de fato, o acesso foi repetidamente negado no regime anterior sob 100 anos de sigilo.


No caso dos dados da visita de Michel, a informação foi solicitada através da LAI e rejeitada com o fundamento de que os dados pessoais estão protegidos.


No entanto, em 1º de Janeiro, após a posse do presidente Lula (PT) assinou um decreto pedindo a revisão do sigilo pela CGU (União Geral). Enquanto o processo ainda está em análise, o GSI (Escritório de Segurança Institucional) tomou a iniciativa de divulgar a lista de hoje antes de terminar.


Outras informações, incluindo a carteira de vacinação do ex-presidente, estão alinhadas para análise.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem