Atenção, consumidor: Aneel anuncia bandeira verde para setembro; Veja detalhes

Imagem: Reprodução/Google




A conta de energia deve seguir a bandeira verde agora em Setembro. Pelo menos, é o que diz o último anúncio da Agência Nacional de Energia Elétrica e Energia (Aneel). Já passaram cinco meses consecutivos sem encargos adicionais de tarifas, representando mais economia e alívio no bolso dos trabalhadores.


A aposta das autoridades é que a quantidade de energia gerada continuará aumentando por algum tempo. Enquanto isso, a ANEEEL também cobrou previsões de que o consumo aumentará nos próximos meses. No entanto, os brasileiros podem comemorar, pois a bandeira tarifária permanece verde por mais um mês.


Bandeira Verde para Setembro


As bandeiras de emissão nas próximas semanas indicam que os consumidores leves não terão que pagar um valor adicional em suas contas. De acordo com as normas adotadas pelas autoridades desde 2015, a bandeira tarifária é classificada da seguinte forma:


  • Amarelo: R$ 2,98/100 kWh
  • Vermelho Nível 1 e 2: Entre R$6,50 e R$9,79 por 100kWh.

Esse movimento traz alívio para muitas famílias. No ano passado, durante meses, a bandeira da escassez de água se espalhou. O motivo foi o resultado da pior crise no reservatório nos últimos 90 anos. O maior valor durou de setembro de 2021 a abril deste ano.


Como produto final, a taxa adicional foi de R$14,20 para cada 100kWh consumidos diante da escassez. Isso acontece quando as usinas térmicas são revitalizadas e o custo de produção de energia é alto.


No momento, parece que o país vive momentos de boas condições para a geração de luz, de modo que a bandeira verde permanecerá por mais um período. Segundo a ANIEL, será habilitado em setembro para todos os consumidores ligados ao Sistema Interligado Nacional (SNI).


O SNI é dividido em quatro subsistemas: Sudeste/Centro-Oeste, Sul, Nordeste e Norte. Portanto, praticamente todo o Brasil é coberto pelo sistema. No entanto, além de Roraima, os estados do norte e partes de Mato Grosso estão excluídos.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem