Mobi x Kwid: Quanto custa manter os dois carros mais “baratos” do país? Confira

Imagem: Reprodução/Google


Toda vez que o preço de um carro sobe, será uma controvérsia sobre qual Fiat Mobi e Renault Kwid serão os carros mais acessíveis do Brasil. Apesar de ser um modelo de entrada, o carro ainda é caro e atualmente não sai por menos de R$6300.


Tanto Mobi quanto Kwid continuam sendo muito procurados por empresas e pessoas que compram seu primeiro veículo zero-quilômetro. O motivo está relacionado ao baixo consumo de combustível e custos de manutenção, especialmente se o modelo for colocado em frente a uma categoria superior.


Mas é errado que o veículo não tenha custo. De acordo com um estudo da KBB Brasil, qual dos dois veículos de entrada do Brasil custa menos no bolso do motorista, independentemente do preço do combustível, revisão ou peças? Cheque!



Fiat Mobi × Renault Quad: Qual veículo é mais barato de segurar?


Abaixo está uma comparação dos valores dos custos necessários para a manutenção de ambos os carros.





Consumo de combustível


Fiat Mobi like: Na cidade pode fazer 9,6 kg/l com etanol ou 13,5 kg/l com gasolina. Na estrada, quando se utilizava 15 km/l com etanol e gasolina, o subcompacto média de 10,4 km/l.


Renault Kiws Zen: Etanol médio de 10,8 km/l e gasolina 15,3 km/l na cidade. Por outro lado, na via rodoviária foram registrados 11 km/l de etanol e 15,7 km/l de abastecimento de gasolina.


IPVA 


As taxas de recolhimento do Imposto sobre a Propriedade de Veículos (IPVA) variam de estado para estado. Em geral, o percentual de imposto é aplicado ao valor de mercado do veículo calculado pela tabela Fipe.


Nesse sentido, a diferença de preço entre Mobi e Kwid não é muito. Por exemplo, em São Paulo, onde o IPVA é de 4%, os motoristas de ambos os modelos pagam cerca de R$2.500 por ano.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem