FGTS: Caixa Econômica paga R$ 6,2 mil para ESTES trabalhadores até esta semana; Veja se você recebe

Imagem: Reprodução/Google




Os trabalhadores de algumas cidades têm até esta semana para realizar o desastre do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço). Os valores disponíveis somam R$ 6.220.


Um fundo de garantia é um tipo de poupança criada para um trabalhador que trabalha com carteira assinada. Os valores geralmente são emitidos em casos específicos e são determinados por lei.


Por exemplo, um desastre está disponível em casos especiais quando o contribuinte está passando por um tempo de emergência. Esse tipo de separação está disponível para moradores de alguns municípios.


Os trabalhadores que moram na cidade do Rio de Janeiro de Petrópolis até quinta-feira (20) têm que sacar o valor. Os moradores de Curitibanos devem recuperar recursos até esta semana, especificamente até o próximo domingo (23).


O desastre dos despojos fornecido pelo FGTS


Como mencionado, o método de desastre é ativo para alguns trabalhadores. Está disponível quando ocorrem situações urgentes devido a desastres naturais, como chuvas fortes que causam enchentes e deslizamentos de terra, por exemplo. Nesse caso, você pode sacar parte do FGTS.


Ou seja, parte do fundo de garantia é liberada quando o governo municipal ou estadual emite estado de emergência ou desastre público, porém, tal declaração deve ser feita 30 dias antes do primeiro dia útil após o desastre natural.


No entanto, para o lançamento do FGTS, é considerado um desastre natural, de acordo com as regras, inundações ou enchentes graduais, inundações ou inundações, inundações, inundações costeiras causadas pela súbita invasão do mar, além disso:


  • Tempestades de vento ou tempestades.
  • Tempestades muito severas ou ciclones extratropicais.
  • ventos muito fortes, furacões, furacões ou ciclones tropicais;
  • Repercussões do frio
  • Furacões e canos de água.
  • Finalmente, uma catástrofe resultante do rompimento ou colapso de barragens que causam movimentação de massa, com danos às unidades residenciais.

De qualquer forma, quem mora em áreas que estão em estado de calamidade, como chuvas fortes, pode solicitar a liberação do FGTS por meio do aplicativo oficial.


Além disso, é importante ressaltar que para realizar o benefício, o trabalhador deve ter um saldo positivo na conta e não ter feito uma caminhada em dinheiro pelo mesmo motivo em um período inferior a 12 meses.


Como pedir?


Os moradores das cidades afetadas que possuem saldo disponível em contas vinculadas ao FGTS podem resgatar até R$ 6.220. A solicitação pode ocorrer da seguinte forma:


  • Primeiro, acesse o aplicativo do FGTS (disponível para Android e iOS);
  • Na página inicial, clique em "Meus saques";
  • Além disso, entre as opções, selecione "Outros casos de contato - um desastre geral";
  • Selecione o município;
  • Em seguida, encaminhe os documentos necessários na página, como documento de identificação com foto atualizado e comprovante de residência, emitido 120 dias antes do decreto de desastre;
  • Depois disso, clique na opção de adicionar o valor da conta e, em seguida, indique uma conta para os valores a serem pagos.

Por fim, o sistema revisará o pedido e, se aprovado, o benefício será pago no prazo de 5 dias úteis.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem